(86) 9983-4382
Zona Norte de Teresina

Zona Norte de Teresina

Katiane Medeiros Notícias de Teresina ( Zona Norte )
[email protected]
(86) 3219-2822
Cacinação

Postada em 17/04/2018 ás 12h53

Publicada por: Redação Fala Piauí

Campanha de vacinação contra a gripe começa na segunda-feira (23)
Grávidas estão entre os grupos prioritários
Campanha de vacinação contra a gripe começa na segunda-feira (23)

Campanha de vacinação contra a gripe começa na segunda-feira (23)

Começa na próxima segunda-feira (23) a 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, também conhecida como gripe. A estimativa é que mais de 150 mil pessoas sejam imunizadas com a vacina, que protege contra os vírus influenza B, A H1N1 e A H3N2 e podem ser encontradas em todas as salas de vacina do município.

Um dos grupos prioritários é o das mulheres grávidas. A Fundação Municipal de Saúde (FMS) faz um chamamento para que este grupo não deixe de se imunizar. “Por que tomar a vacina? Porque a gestante tem algumas complicações, a primeira é uma deficiência na imunidade devido à gravidez”, explica a diretora de Vigilância em Saúde da FMS, Amariles Borba. “Em segundo é a dinâmica respiratória, ou seja, a expansão dos pulmões está comprometida pelo aumento do abdômen. Eles podem acumular secreção, que fica espessa e vai servir de meio de reprodução de bactérias, causando pneumonias graves”, afirma ela.

Amariles Borba frisa ainda que a vacinação protege não apenas a mãe, como também o bebê que vai nascer. “Lembramos que grávidas em qualquer idade gestacional podem tomar a vacina”, diz a diretora. A campanha segue até o dia 1º de junho.

Além das gestantes, fazem parte dos grupos prioritários os indivíduos com 60 anos ou mais de idade, as crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos de idade, as puérperas (até 45 dias após o parto), os trabalhadores da saúde, os professores das escolas públicas e privadas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições especiais, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

As vacinas utilizadas durante as campanhas de vacinação contra a influenza são constituídas por vírus inativados, fracionados e purificados, portanto, não contém vírus novos e não causam a doença. “As vacinas são bastante seguras, não sendo encontradas evidências de que as vacinas atualmente em uso causem eventos sistêmicos graves”, afirma Amariles Borba.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que cerca de 1,2 bilhões de pessoas apresentam risco elevado para complicações da influenza: 385 milhões de idosos acima de 65 anos de idade, 140 milhões de crianças e 700 milhões de crianças e adultos com doença crônica.

Receba notícias do 'falapiaui.com' através do WhatsApp

Fala Piauí no Facebook:
imprimir

Veja também

»
Últimas notícias
Últimas municípios
Vídeos
Mais lidas da semana

Facebook

»

Twitter

»

Enquete

»
-

-
217 votos - 48.8%

-
96 votos - 21.6%

-
66 votos - 14.8%

-
66 votos - 14.8%

© Copyright 2018 - Fala Piauí - Todos os direitos reservados - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium