(86) 9983-4382
Assaalto

Postada em 12/06/2018 ás 15h58 - atualizada em 12/06/2018 ás 21h29

Publicada por: Redacao

Criminosos roubam dinheiro arrecadado na Caminhada da Fraternidade
Veículo que levava dinheiro da Paróquia ao Banco foi interceptado pelos bandidos.
Criminosos roubam dinheiro arrecadado na Caminhada da Fraternidade

Veículo saiu da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima.

Veículo recuperado

A Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI) informa que, no final da tarde desta terça-feira (12), policiais que compõem a Força Tarefa da SSP recuperaram o veículo da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima roubado horas antes, na zona leste de Teresina.

A SSP-PI informa que homens das polícias Civil e Militar estão no local onde foi encontrado o automóvel e seguem realizando investigações a fim de localizar e prender os autores do crime, que ainda estariam em poder de quantia estimada em R$ 25 mil.  

A Secretaria de Segurança reitera que, devido o caráter social, já auxiliou no transporte de valores, após solicitação da referida Paróquia, em outras oportunidades, mas que não houve pedido neste ano.

Assalto

Criminosos armado tomaram de assalto o veículo que fazia o transporte de parte do dinheiro arrecadado com a venda de Kit’s da Caminhada da Fraternidade, realizada no último domingo (10), em Teresina (PI). De acordo com informações, o dinheiro estava sendo transportado da igreja num veículo alugado conduzido pelo motorista da paróquia e uma funcionária identificada como Irene, tendo os criminosos interceptados e tomado o veículo com o dinheiro dentro já próximo ao Banco do Brasil, da zona Leste da capital.

Os funcionários foram libertados, logo em seguida, já o dinheiro e o carro modelo Palio, cor branca, Placa PIH 2599, foi  levado pelos criminosos. Nas redes sociais, o Padre Tony Batista, coordenador da caminhada, já confirmou o roubo e que está indignado com a situação:

“Olá querido pessoal da Caminhada da Fraternidade, aconteceu realmente este assalto, mas graças a Deus a Irene e o Cassiano estão bem. Vão se os anéis, fiquem os dedos. Nós estamos abandonados, o Brasil está abandonado, exatamente tudo isso é fruto da corrupção, da ‘ladroeira’ e as consequências são os pobres que sofrem. Por exemplo, quando chega uma enchente, os pobres sofrem. A seca, os pobres sofrem. Nos assaltos, em tudo! São os pobres que perdem e isto, a responsabilidade nossa, politicamente errada. Mas vão se os anéis, fiquem os dedos. Serenidade, tranquilidade, Deus proverá e não é o assaltante que vai crescer, é a nossa fé, nossa esperança. Tranquilidade, o trabalho foi feito, Deus proverá”

Receba notícias do 'falapiaui.com' através do WhatsApp

Fala Piauí no Facebook:
imprimir

Veja também

»
© Copyright 2018 - Fala Piauí - Todos os direitos reservados - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium