Terça, 18 de maio de 2021
(86) 99983-4382
Teresina

Postada em 13/04/2021 ás 11h59 - atualizada em 13/04/2021 ás 12h06

Publicada por: Redação Fala Piauí

Mulher morta a tiros no Mocambinho é identificada e era conhecida como 'viúva negra'
A mulher encontrada morta às margens do Rio Poti foi identificada como Valdirene de Jesus Melo Silva, conhecida como Leninha ou Viúva Negra, 27 anos.
Mulher morta a tiros no Mocambinho é identificada e era conhecida como 'viúva negra'

Foto: Montagem / Fala Piauí

A mulher encontrada morta às margens do Rio Poti foi identificada como Valdirene de Jesus Melo Silva, conhecida como Leninha ou Viúva Negra, 27 anos. Próximo ao corpo havia uma cova onde, provavelmente, seria enterrado o cadáver. O portal apurou que o apelido Viúva Negra se deve ao fato dos três últimos companheiros dela terem sido executados. Informações Cidadeverde.com

O caso está sendo investigado pelo Núcleo de Feminicídio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A jovem tinha uma marca de tiro na cabeça. A Polícia Militar levantou a possibilidade do crime ter relação com facções criminosas e o chamado Tribunal do Crime que se caracteriza pela pena de morte sentenciada por integrantes de organizações criminosas rivais. 

Viúva Negra não tinha antecedentes criminais, mas teria envolvimento com suspeitos de crimes graves. Ela deixa dois filhos menores de idade. O portal apurou ainda que, um dia antes de ser achada morta, a vítima estava com amigos e foi vista acompanha de um casal. 

Cova: O corpo foi encontrado por uma guarnição da Polícia Militar que recebeu informações de uma pessoa sendo mantida em cárcere privado na região. Após diligências encontraram três suspeitos cavando uma cova próximo ao corpo da mulher já sem vida. Os bandidos trocaram tiros com a PM e fugiram. No local foi encontrada uma enxada, usada para abrir o buraco, onde provavelmente a vítima seria enterrada.

Fala Piauí no Facebook:
imprimir

Veja também

»
Receba notícias do Fala Piauí pelo WhatsApp WhatsApp
© Copyright 2021 - Fala Piauí - Todos os direitos reservados - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium