Segunda, 26 de julho de 2021
(86) 99983-4382
Prefeitura de Teresina
Teresina

Postada em 22/07/2021 ás 13h10

Publicada por: Redação Fala Piauí

Fonte: G1

Criança indígena morre após um mês internada no Hospital de Urgência de Teresina
Segundo a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas, a morte teve múltiplas causas.
Criança indígena morre após um mês internada no Hospital de Urgência de Teresina

Foto: Reprodução

Mais um menino indígena, Cheito Ramirez Mendonza, da etnia Warao, morreu nesta quinta-feira (22), no Hospital de Urgência de Teresina (HUT), após um mês internado. Segundo a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas, a morte teve múltiplas causas e a criança estava desnutrida.

Esta é a segunda morte de uma criança Warao em menos de dois meses em Teresina. No dia 8 de junho um bebê de um mês morreu apresentando sintomas de infecção intestinal.

A Semcaspi, por meio de nota (veja a íntegra abaixo), informou que o menino faleceu com diversas causas identificadas: meningoencefalite herpética; broncopneumonia e desnutrição.

Meningoencefalite herpética: uma inflamação das meninges - membranas que envolvem o cérebro. Ela pode ser causada por diversos vírus. Neste caso, foi causada pelo vírus da herpe

Broncopneumonia: infecção pulmonar por vírus ou bactérias que afeta os brônquios pulmonares.

Desnutrição: quadro de ingestão desequilibrada de nutrientes ou calorias suficientes.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) comunica que Cheito Ramirez Mendonza, de um ano sete meses, faleceu na manhã desta quinta-feira, (22), após uma parada cardíaca.

Cheito Mendonza, que é filho de Saleni Mendonza e de Fidel Ramirez, estava internado há aproximadamente 30 dias, no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). As causas do óbito foram identificadas, como: meningoencefalite herpética; broncopneumonia e desnutrição.

A Semcaspi reforça que a assistência social e encaminhamentos médicos foram prestados e devidamente orientados e lamenta pelo ocorrido. Além disto, está disponibilizando o auxílio funerário e o acompanhamento necessário à família.

Fala Piauí no Facebook:
imprimir

Veja também

»
Receba notícias do Fala Piauí pelo WhatsApp WhatsApp
© Copyright 2021 - Fala Piauí - Todos os direitos reservados - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium