Domingo, 05 de Dezembro de 2021
25°

Muitas nuvens

Teresina - PI

Geral Piauí

Dia do Piauí: Estado comemora avanços na Educação Profissional e inclui jovens no mercado de trabalho

Os avanços vem impactando também na qualidade da mão de obra piauiense, que está mais preparada para os desafios da atualidade. 

19/10/2021 às 13h05
Por: Redação Fala Piauí Fonte: Secom Piauí
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

A oferta de Educação Profissional Técnica pública no Piauí tem sido expandida fortemente nos últimos anos graças aos investimentos na área e à priorização da modalidade, que proporciona ao jovem uma rápida colocação no mercado de trabalho. Esse crescimento também vem impactando na qualidade da mão de obra piauiense, que está mais preparada para os desafios da atualidade.

Mesmo com a pandemia da Covid-19, a educação não parou e o Piauí ofertou 53 cursos de Ensino Profissional e Tecnológico em 2021, somando mais de 30 mil matrículas na modalidade. Com a universalização desse tipo de ensino de norte a sul do Estado, os estudantes podem fazer um curso técnico e concluí-lo já com garantia de emprego.

Lucas Vinícius, ex-aluno do curso de Mecânica Automotiva do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) José Pacífico de Moura Neto, localizado em Teresina, é um desses exemplos. O jovem concluiu o Ensino Médio integrado ao técnico no ano de 2019, e hoje se encontra empregado.

“O curso foi importante para minha carreira profissional, pois adquiri muitos conhecimentos teóricos e práticos, com as visitas nas oficinas, nos trailers técnicos e até em faculdades, proporcionadas pela formação. A escola dá uma boa estrutura para os alunos, o que proporciona uma melhor aprendizagem. Os professores são qualificados tanto na área do curso como em outras áreas, repassando muito bem as matérias. Agradeço o que vivi lá, todo carinho e aprendizado, tudo com muita dedicação”, relata o jovem.

Segundo dados da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação, o Piauí tem a maior proporção de estudantes do Ensino Médio fazendo cursos da Educação Profissional do país. Os dados são de 2019 e também apontam que o estado tem o maior percentual da população matriculada em curso da Educação Profissional Técnica de Nível Médio.

Quanto ao primeiro índice, 27% dos alunos do Ensino Médio no Piauí também estudavam algum curso da Educação Profissional. Eram, aproximadamente, 45 mil estudantes em cursos técnicos em um universo de 166 mil matrículas de Ensino Médio. Para se ter uma ideia, o segundo colocado é o Rio Grande do Norte, com 21%. Já quanto ao percentual da população em geral matriculada na Educação Profissional, o Piauí também é o primeiro do Brasil. Em 2019, 1,4% de sua população cursava a Educação Profissional e técnica. A média nacional é bem inferior, chegando a 0,9%.

O Piauí, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), foi um dos campões em oferta de cursos pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), hoje Programa Novos Caminhos. A metodologia do programa permite que os cursos cheguem até aos menores municípios, permitindo que a educação chegue mais perto das pessoas e que elas não tenham que se deslocar por grandes distâncias para o acesso ao saber.

A técnica em enfermagem Vanessa Santos é uma ex-cursista do Pronatec que hoje se encontra inserida no mercado de trabalho. Vanessa, que estudou na Unidade Escolar Santo Antônio, em Valença do Piauí, trabalha em sua área para uma clínica médica.

“Depois que me formei em técnica de enfermagem pelo Pronatec, já comecei a atuar na minha área. E desde então nunca fiquei sem trabalhar, pois as matérias revisadas pelo curso incluíam informática, ética, que é muito importante, entre outras. Hoje, trabalho em uma clínica médica particular e aqui sou bem reconhecida pelo meu conhecimento. E esse conhecimento que tenho hoje devo ao Pronatec, por ter disponibilizado o curso na área que eu amo e por cada profissional que me ensinou durante esse percurso”, comemora a jovem.

Dia do Piauí: Estado comemora avanços na Educação Profissional e inclui jovens no mercado de trabalho
Foto: Reprodução/Secom Piauí

 

O secretário de Estado da Educação do Piauí, Ellen Gera, observa que na rede pública estadual de ensino, a oferta da Educação Profissional se encaixa entre o Ensino Médio e o Ensino Superior, ajudando o estudante a estar apto para ter uma profissão assim que se forma no ensino regular, antes mesmo de entrar em uma faculdade.

“As metas planejas e superadas pelo Piauí são fruto de uma política pública que dá oportunidade ao estudante, que nem precisa sair do seu município para ter acesso a um curso técnico. Esse foi um dos desafios enfrentados pelo governador Wellington Dias em 2013, reorganizar a oferta da educação de tal forma que estado e municípios pudessem dar direito à educação a todos”, destaca o secretário.

Educação Técnica e Profissional avança no Piauí

De acordo com Adriana Moura, diretora da Unidade de Educação Profissional da Seduc, o Piauí é referência na oferta da modalidade por meio de instrumentos de Mediação Tecnológica, que atende também vários níveis e modalidades de ensino.

“O Canal Educação representa o meio pelo qual podemos levar qualificação profissional técnica de nível médio a todos os municípios do Estado. Algo que seria inviável pela forma tradicional de oferta. Na proposta de implementação do Novo Ensino Médio, essa ferramenta será fundamental para difundir e oportunizar a oferta do itinerário de Educação Profissional”, enfatiza a diretora.

Além do desenvolvimento de competências e habilidades técnicas exigidas pelo mundo do trabalho, a formação técnica profissional de nível médio ofertada pela Seduc também busca desenvolver competências relacionadas à formação integral dos estudantes.

Ainda para Ellen Gera, as demandas contemporâneas reivindicam cada vez mais habilidades socioemocionais, proatividade e capacidade de tomada de decisões. “A qualificação profissional representa a possibilidade real do aluno ingressar no mundo do trabalho e continuar na construção do seu projeto de vida. Consequentemente, a geração de renda e a escolaridade têm impacto direto na elevação do Índice de Desenvolvimento Humano do Município, o IDHM”, finaliza o secretário.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Teresina - PI Atualizado às 02h16 - Fonte: ClimaTempo
25°
Muitas nuvens

Mín. 24° Máx. 35°

Seg 36°C 25°C
Ter 36°C 24°C
Qua 35°C 24°C
Qui 36°C 25°C
Sex 35°C 25°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias