(86) 9 9983-4382
Processo

Postada em 14/06/2019 ás 16h16 - atualizada em 14/06/2019 ás 21h33

Publicada por: Redação Fala Piauí

Empresário acusado de estuprar o próprio filho é preso após não pagar pensão em Teresina
O homem foi preso por uma equipe do 21° Distrito Policial
Empresário acusado de estuprar o próprio filho é preso após não pagar pensão em Teresina

O empresário de uma rede de pizzarias, identificado como Robervani Lima Machado Ferro, foi preso na quinta-feira (13), após o cumprimento de um mandado de prisão em desfavor dele por não ter pago pensão alimentícia, totalizando um débito no valor de mais de R$ 44 mil.

Em Junho de 2018, o réu foi condenado a 20 anos de prisão pelo crime de estupro de vulnerável contra o próprio filho. A decisão foi proferida pelo juiz Raimundo Holland Moura de Queiroz, da 6° Vara Criminal da Comarca de Teresina. De acordo com a decisão, o réu deverá cumprir em regime fechado, mas poderá apelar em liberdade.

O mandado de prisão cumprido na data de ontem (13) foi em decorrência de um  processo cível, por não pagamento de pensão alimentícia. 

Os abusos aconteceram quando a vítima tinha apenas 3 anos. O crime foi descoberto, após a mãe desconfiar do comportamento da criança. A vítima foi encaminhada para um psicologo, que aconselhou a responsável do menor abrir uma investigação criminal.

O caso foi levado para Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente, foi aberto um inquérito policial e o crime foi comprovado através de exame de corpo de delito e foi constatado que o autor era o empresário.

Fala Piauí no Facebook:
imprimir

Veja também

»
Receba notícias do Fala Piauí pelo WhatsApp WhatsApp
© Copyright 2019 - Fala Piauí - Todos os direitos reservados - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium