Quarta, 18 de Maio de 2022
Notícias Cerâmica Cil

Cerâmica Cil: Velório de doméstica morta a facadas quando ia para o trabalho em Teresina é marcado por tristeza e revolta

O ex-marido da vítima, Ezequiel Rodrigues Araújo, é suspeito do crime e foi preso pela Polícia Militar. Segundo familiares, ele não aceitava o fim do relacionamento.

25/01/2022 às 20h43
Por: Redação Fala Piauí Fonte: G1
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O corpo da trabalhadora doméstica Valdirene Torquato, de 42 anos, foi velado, na tarde desta terça-feira (25), em uma residência no bairro Cerâmica Cil, Zona Sul de Teresina. A despedida foi marcada por tristeza e revolta por parte dos familiares e amigos da vítima. O sepultamento vai ocorrer em um cemitério no mesmo bairro na manhã desta quarta-feira (26). VEJA O VÍDEO

Valdirene foi morta com golpes de faca no cruzamento das ruas Goiás com Monsenhor Gil, a um quarteirão da Avenida Frei Serafim, no bairro Ilhotas, em Teresina, quando ia para o trabalho. O ex-marido da vítima, Ezequiel Rodrigues Araújo, é suspeito do crime e foi preso pela Polícia Militar.

“Acabou com a vida dela, está aí, deixou uma criança. É uma perda muito grande. É só lamentar. Ele fez planejado ou não, ninguém sabe. Ainda bem que a polícia prendeu ele. Ele está preso, mas quem perdeu foi ela, perdeu a vida. Foi uma perda muito grande para a família”, disse o tio de Valdirene, Carlos Alberto.

O relacionamento dos dois durou 10 anos e eles tiveram um filho que, atualmente, tem 7 anos. Por conta do histórico de violência, Valdirene e Ezequiel haviam se separado há cinco anos. Segundo familiares, o homem não aceitava o fim do relacionamento e tentou matá-la pelo menos três vezes.

Contudo, a Polícia Civil informou que não há medida protetiva a favor da vítima ou registro de boletim de ocorrência contra Ezequiel em relação às agressões ou ameaças de morte. Os familiares relataram que Valdirene desistiu de denunciar porque o homem é pai do seu filho.

“Ela esteve internada fazendo um tratamento no seio e, no hospital, a gente estava lá porque ele estava ameaçando entrar no hospital e matar ela lá dentro”, relatou o irmão de Valdirene, Valdir Torquato.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias