Terça, 28 de Junho de 2022
Geral Piauí

A coordenadoria da Mulher leva serviços do Ônibus Lilás para Colônia do Piauí, Floresta do Piauí

A ação do Ônibus Lilás já atendeu mais de 5 mil mulheres, em 2002, e já passou por mais de 20 municípios.

23/06/2022 às 17h30
Por: Redação Fala Piauí Fonte: Secom Piauí
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

A Coordenadoria Estadual de Políticas para as Mulheres leva os serviços de assistência psicossocial, jurídica e informações sobre a Lei Maria da Penha para os municípios de Colônia do Piauí e Floresta do Piauí beneficiando mais de 20 mulheres da região.

Em Colônia do Piauí, participaram da ação o Presidente do STTR, Gertudes Silva, Secretária de Saúde, Selena Camargo, Agente Territorial do Vale do Canide, Levi Lustosa, secretário de Assistência Social, Ceica Portela, Secretária do Sindicato dos Trabalhadoras e Trabalhadores Rurais, Josiane Silva, representante do povoado,Maria Nilza,e equipe da Coordenadoria de Mulheres.

“O Ônibus Lilás no município de Colônia do Piauí mostrou o quanto é importante pensar várias estratégias de sensibilização da população para pauta de enfrentamento à violência doméstica, pois onde tem espaço de sindicato como dos Trabalhadores Rurais existem as Mulheres delegadas que fazem a escuta e podem acionar a Rede de Atendimento às Mulheres em situação de violência e o município articulado pode acolher a mulher ao tempo de realizar os encaminhamentos necessários para que o agressor seja punido”, pontua a Coordenadora do Centro de Referência Francisca Trindade, Lareira Costa.

Em Floresta do Piauí, participaram o Chefe de Gabinete, Claudionor Sousa, Secretário de Saúde, Joelson Torres, Presidenta do Assentamento Olho D’água, Francisca Inácia, Agente Territórial, Levi Lustosa, Presidente do Sindicato de Trabalhadoras e Trabalhadores Rurais, Cleonice Oliveira, o médico Dr. Cássio, Vereadr Puffs Lima e Mosquito, Técnico da Emater: Edvaldo e quipe da Coordenadoria da Mulher.

“O Ônibus Lilás agrega vários serviços que permitem que a mulher possa realizar uma denúncia, pois a assistência começa na prevenção à violência doméstica quando fazemos essas palestras e só termina quando a mulher tem sua autonomia econômica e consegue continuar sua vida sem medo de sofrer qualquer violência doméstica. Nessas ações percebemos que as Mulheres quando conhecem a Rede de Atendimento às Mulheres em situação de violência e conhecem na sua comunidade sindicatos ou grupos de Mulheres, elas criam coragem para denunciar agressões por saberem que vai ter uma rede de Apoio. O nosso trabalho é sensibilizar homens e mulheres nas palestras sobre a Lei Maria da Penha, pois as mulheres rurais e negras são as que mais têm dificuldade de acessar os serviços de proteção, muitas vezes, por conta da localidade ser longe dos centros urbanos e quando vamos a esses espaços a Rede de Mulheres se fortalece”, destaca a Coordenadoria de Mulheres Rurais, Louise Soares.

A ação do Ônibus Lilás já atendeu mais de 5 mil mulheres, em 2002, e já passou por mais de 20 municípios.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias