Sexta, 10 de julho de 2020
(86) 99983-4382
Covid-19

Postada em 03/06/2020 ás 13h55

Publicada por: Liliane Alves

Fonte: G1

Após alta, mulher volta a testar positivo para Covid-19 no Piauí
Mulher que tinha contraído a doença voltou a testar positivo após testes darem negativo. Possibilidade da chamada reativação viral também é analisada.
Após alta, mulher volta a testar positivo para Covid-19 no Piauí

Foto: Reprodução

Uma funcionária da área de saúde voltou a testar positivo para a Covid-19 em Parnaíba, cidade no litoral do Piauí. Os exames levantaram a hipótese de que a paciente tenha sofrido uma reinfecção. O caso é investigado pela Secretaria Estadual de Saúde e será encaminhado também ao Ministério da Saúde.

Em entrevista ao G1, a médica infectologista Renata Beltrão, que atua no hospital de campanha do município, informou que a mulher realizou o primeiro teste no dia 27 de abril após apresentar os sintomas da doença. O resultado foi positivo.

Dias depois, exatamente em 29 de abril, ela realizou um novo exame que atestou negativo. Foi feito mais um exame, no dia 12 de maio, que o resultado também deu negativo. 27 de abril: teste positivo para Covid - 29 de abril: teste negativo para Covid -  12 de maio: teste negativo para Covid - - 28 de maio: teste positivo para Covid.

“Nós temos uma paciente que há 45 dias ela apresentou os sintomas. Ela tinha feito um exame, inicialmente, imunológico com o resultado positivo. Foi iniciado o acompanhamento e, depois desse resultado positivo, a paciente fez um PCR e o resultado deu negativo, sugerindo que ela tivesse uma alta leve, como se fosse uma limpeza total da carga viral nasal. Essa paciente, aproximadamente, 30 dias depois apresentou novos sintomas e eles vieram, uma semana depois, com uma tomografia sugestiva, o que levou a realizar um novo PCR que veio como positivo”, afirmou.

O resultado do último exame para a Covid-19 foi divulgado no dia 28 de maio, onde novamente testou positivo. A funcionária da área de saúde voltou ao isolamento social em casa. Para a médica Renata Beltrão, hipóteses como a reativação viral não são descartadas, mas os exames levam a acreditar de que se trata de um caso de reinfecção.

“Hipóteses como reativação viral são plausíveis, mas a hipótese de reinfecção é sustentada pelos exames. Nós já entramos em contato com os órgãos superiores como o Ministério da Saúde e Secretaria Estadual de Saúde para que seja investigado”, comentou.

Fala Piauí no Facebook:
imprimir

Veja também

»
Receba notícias do Fala Piauí pelo WhatsApp WhatsApp
© Copyright 2020 - Fala Piauí - Todos os direitos reservados - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium