21°C 34°C
Teresina, PI
Publicidade

Piauí pode registrar temperatura de 45ºC esta semana; 'umidade do ar equivalente a deserto', diz especialista

O climatologista explicou que a elevação da temperatura tem relação direta com o fenômeno do El Niño muito mais rigoroso neste ano.

19/09/2023 às 21h49
Por: Redação Fala Piauí Fonte: G1
Compartilhe:
Foto: reprodução
Foto: reprodução

As temperaturas no Piauí podem chegar a 45ºC e umidade do ar abaixo dos 15% nesta semana. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), essa onda de calor devem alterar as condições atmosféricas (temperatura e umidade) no estado a partir desta quarta-feira (20), com possibilidade de se estender até a sexta-feira (22).

Continua após a publicidade

"Nós estamos entrando no coração do B-R-O Bró, que é a fase de maior insolação, de luminosidade, as temperaturas majoram um pouco mais, a umidade desce. Isso é perfeitamente natural. Claro que a gente tem que considerar o El Niño, que mexe bastante com a condição climática global", explicou o climatologista Werton Costa.

Continua após a publicidade

Segundo Werton, climatologista e também Diretor de Prevenção da Defesa Civil Piauí, é importante serem tomados alguns cuidados com a saúde durante o período de calor, como evitar atividades físicas nos horários de pico de calor, se hidratar, usar protetor solar e evitar exposição direta ao sol.

"O horário de pico do calor no Piauí é às 15h; e às 16h é o horário crítico de baixa umidade. Importante lembrar que a umidade só se reestabelece no Piauí após às 19h e a temperatura só vai melhorar na madrugada, mas às vezes nem nesse horários por causa do B-R-O Bró", explicou.

Continua após a publicidade

Essa forte onda de calor pode provocar alguns sintomas que impactam a qualidade de vida como: problemas respiratórios e de pele, insolação, desidratação e aumento de problemas de pressão. Por isso, é recomendado estar sempre hidratado e evitar práticas de esportes expostos ao sol entre 11h e 18h.

Fatores que ampliam o calorão

  • El Niño atípico: o fenômeno que está mais intenso neste ano: ele aquece as águas do Oceano Pacífico e freia a atuação de frentes frias no Brasil; ele dá força para o bloqueio atmosférico;
  • Aquecimento global: especialistas afirmam que a queima de combustíveis fósseis torna eventos extremos (ciclones, enchentes e etc.) mais prováveis, e que ondas de calor recentes na Europa teriam sido praticamente impossíveis sem as mudanças climáticas;
  • B-R-O Bró: é uma expressão muito usada no Piauí. Ela faz referência a última sílaba dos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro; considerados os mais quentes do ano no estado, devido à combinação do final do período seco e ao aumento da radiação solar.

Incêndios

A onda de calor aumenta o risco de incêndios florestais e favorece a propagação das chamas. A recomendação do estado é que as pessoas evitem atividades que possam causar faíscas, como queimadas não autorizadas, e denunciem comportamentos suspeitos.

O Piauí foi o quinto estado com maior número de queimadas no país, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) divulgados nesta quarta-feira (29). Até o mês de agosto, o estado registou 3.274 focos de incêndio, sendo que 1.466 aconteceram apenas neste mês.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Teresina, PI
23°
Tempo limpo

Mín. 21° Máx. 34°

24° Sensação
0km/h Vento
100% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
05h57 Nascer do sol
05h47 Pôr do sol
Ter 35° 22°
Qua 36° 23°
Qui 33° 25°
Sex 35° 22°
Sáb 29° 22°
Atualizado às 03h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,38 +0,00%
Euro
R$ 5,77 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,63%
Bitcoin
R$ 376,936,67 +0,35%
Ibovespa
119,662,38 pts 0.08%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias