Quarta, 23 de setembro de 2020
(86) 99983-4382
Baixa Grande do Ribeiro

Baixa Grande do Ribeiro

Redacao Notícias de Baixa Grande do Ribeiro.
[email protected]
86 99570-7210
A Grande Família

Postada em 18/08/2020 ás 11h38

Publicada por: Redacao

TCE manda prefeito suspender contrato de mais de R$ 1 milhão com empresa da sobrinha
Contratações milionárias da Prefeitura de Baixa Grande do Ribeiro favoreceram família do Prefeito.
TCE manda prefeito suspender contrato de mais de R$ 1 milhão com empresa da sobrinha

Prefeito Ozires de Castro. (foto: Divulgação)

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) determinou cautelarmente, por decisão do conselheiro Luciano Nunes, que o prefeito Ozires de Castro, do município de Baixa Grande do Ribeiro (PI), suspensa o pagamento de mais de R$ 1,2 milhão a duas empresas representadas por familiares do prefeito.

Segundo a decisão do TCE, de 12/08/2020, a Prefeitura de Baixa Grande do Ribeiro celebrou contrato com as empresas de Noelma da Cruz Reis de Sousa ME e Sebastião Ventura de Sousa –ME, que possuem vínculo familiar com o gestor Ozires.

Segundo a denúncia apresentada e comprovada ao TCE-PI, a Prefeitura contratou por licitação PP/ nº 10/2020 e 01/2020 – celebrado em 03/2020 a contratação das empresas Noelma das Cruz – ME pelo valor de R$ 698.712,15 – para aquisição de material de expediente para Secretaria Municipal da Educação, também para mesma secretaria, foi contratada a empresa de Sebastião Ventura de Sousa pelo valor de R$ 283.929,25, para aquisição de material limpeza, cozinha e conservação.

As contratações com a devida empresa de Noelma da Cruz Reis de Sousa – ME também continuaram na gestão, sendo contratada ainda pelo valor de R$ 417.498,45 para aquisição de material de informática e instalação do sistema PEC-AB para Secretaria de Saúde. Além de Noelma ser sobrinha do prefeito é casada com Leonardo Alves de Sousa, servidor municipal. Já o pai de Leonardo e genro da sobrinha do prefeito é Sebastião Ventura de Sousa, dono da segunda empresa alvo da recomendação do TCE.

A denúncia contra a Prefeitura constou não só irregularidades na contratação de empresas de familiares, mas também há aditivos o prazo de vigência para o exercício de 2020.

Fala Piauí no Facebook:
imprimir

Veja também

»
Últimas notícias
Últimas municípios
Vídeos
Mais lidas da semana

Facebook

»

Twitter

»

Enquete

»

Nenhuma enquete cadastrada.

Receba notícias do Fala Piauí pelo WhatsApp WhatsApp
© Copyright 2020 - Fala Piauí - Todos os direitos reservados - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium