Sexta, 23 de outubro de 2020
(86) 99983-4382
Piauí

Postada em 18/09/2020 ás 08h59

Publicada por: Liliane Alves

Fonte: Cidades na Net

Filho de agricultora do interior do Piauí consegue segunda aprovação para Medicina
Desta vez, Marco Maciel vai para a UFPI, onde ele sempre sonhou em estudar
Filho de agricultora do interior do Piauí consegue segunda aprovação para Medicina

Foto: Reprodução

Natural da localidade Manaíba, zona rural de Massapê do Piauí, Marco Maciel da Silva Santos, 33 anos, foi aprovado novamente para o curso de Medicina. No início deste ano, ele foi aprovado para cursar Medicina na Universidade Federal do Cariri, em Juazeiro do Norte, no estado do Ceará. Agora, o sonho do estudante ficou ainda mais completo, pois ele conquistou aprovação em Medicina na  Universidade Federal do Piauí (UFPI), campus de Teresina, onde sempre quis estudar. 

De família humilde, Marco Maciel é filho da agricultora Maria Aparecida e estudou todo o ensino fundamental no povoado Várzea Queimada, em Jaicós.  “Faz muito tempo que queria Medicina, mas como minha origem escolar é de escola pública e fiz meu ensino médio na modalidade EJA, sai do ensino médio com uma mega defasagem escolar. Literalmente, tudo que aprendi foi no cursinho. E é mérito meu, porque sou muito curioso. Sempre assistia as aulas e tinha muita vontade estudar para aprender. Eu amo o conhecimento, a ciência, e isso foi muito importante para que eu conseguisse aprender” disse o universitário ao Cidadesnanet.com.

Marco estava estudando no Ceará, mas agora já está matriculado na UFPI, pois era onde ele sonhava em estudar.  “Lá no Ceará eu estava muito feliz, bem adaptado. A faculdade de medicina é muito boa, completa. Na cidade de Barbalha é tudo muito aglutinado, eu morava perto da faculdade numa casa muito boa, enfim, estava no paraíso, e muito feliz. Mas sempre estava pensando na Universidade Federal do Piauí, pois tinha uma chance ainda no meio do ano”.

“Eis que veio o SISU 2020.2 e eu coloquei minha nota em Teresina, em uma única vaga. Coloquei no primeiro dia e minha nota permaneceu até o último dia. Não passei na chamada regular. Eu passei na segunda chamada da lista de espera, na Universidade Federal do Piauí em Teresina. Consegui entrar na universidade que sempre quis, para o curso que sempre quis. Como já estava muito bem adaptado no Ceará foi muito tenso, difícil tomar uma decisão de abrir mão da UFCA, mas tive que tomar essa decisão e hoje estou matriculado na UFPI", disse em entrevista ao Cidadesnanet.com.

Fala Piauí no Facebook:
imprimir

Veja também

»
Receba notícias do Fala Piauí pelo WhatsApp WhatsApp
© Copyright 2020 - Fala Piauí - Todos os direitos reservados - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium