(86) 9 9983-4382
Thiago Maciel

Thiago Maciel

Thiago Maciel Notícias com Thiago Maciel
[email protected]
(86) 99910-0869
Operação Lava-Jato

Postada em 14/11/2018 ás 17h16 - atualizada em 14/11/2018 ás 17h23

Publicada por: Thiago Maciel

Ministra Cármen Lúcia vota a favor do recebimento de denúncia contra Ciro Nogueira e Dudu da Fonte
Hove um pedido de vista (mais tempo para análise) de Gilmar Mendes e interrompeu novamente a discussão sobre o caso do senador piauiense
Ministra Cármen Lúcia vota a favor do recebimento de denúncia contra Ciro Nogueira e Dudu da Fonte

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou na tarde desta terça-feira (13) a favor do recebimento da denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o senador Ciro Nogueira (PP-PI), o deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) e o ex-deputado Márcio Junqueira por obstrução de justiça ao supostamente tentarem comprar o silêncio de um ex-assessor. O objetivo seria prejudicar investigações da Lava Jato que estão em curso na Suprema Corte.

Na semana passada, Cármen Lúcia pediu vista (mais tempo para análise) do caso, devolvendo o processo para julgamento nesta terça-feira. “Há indícios suficientes de embaraços concretos. Os fatos são narrados de forma clara e objetiva na peça inicial acusatória”, disse Cármen Lúcia, ao acompanhar o voto do relator, ministro Edson Fachin.

 Após a leitura do voto de Cármen, foi a vez de o ministro Gilmar Mendes pedir vista, interrompendo mais uma vez a discussão sobre o caso. Não há previsão de quando o julgamento será retomado.  

DENÚNCIA. 

De acordo com a PGR, Márcio Junqueira ameaçou de morte o ex-assessor José Expedito (considerado testemunha-chave das investigações), exigiu retratação dos depoimentos feitos à Polícia Federal e fez sucessivas entregas de dinheiro para comprar seu silêncio que totalizaram mais de R$ 100 mil. À PF, José Expedito havia dito que participava de um esquema de transporte oculto de dinheiro “vivo” por vias terrestre e aérea a mando dos parlamentares.

A denúncia apresentada pela PGR foi embasada em materiais apreendidos, anotações, em interceptação telefônica e uma interceptação ambiental – autorizada por Fachin – de uma conversa entre Márcio e Expedito.

Esta é a primeira vez que a Segunda Turma decide se recebe ou não uma denúncia com a sua nova composição – em setembro, a ministra Cármen Lúcia (considerada mais linha dura e afinada com Fachin) voltou a integrar o colegiado, substituindo o ministro Dias Toffoli (visto como mais “garantista”, ou com posições mais favoráveis a réus), que deixou a turma para assumir a presidência da Corte.

O senador Ciro Nogueira já pode se considerar um recordista de acusações e denúncias no STF. Mesmo assim conseguiu se reeleger pelo estado do Piauí. Com tantas denúncias resta saber se terminará o mandato no senado federal. 

Receba notícias do 'falapiaui.com' através do WhatsApp

Fala Piauí no Facebook:
imprimir

Veja também

»
Últimas notícias
Últimas municípios
Vídeos
Mais lidas da semana

Facebook

»

Twitter

»

Enquete

»

Nenhuma enquete cadastrada.

© Copyright 2018 - Fala Piauí - Todos os direitos reservados - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium