22°C 36°C
Teresina, PI
Publicidade

Baianos são os campeões da elite da Picos Pro Race Mundo

Depois de dois dias de competições, Kennedi Lago e Carla Vilaboas foram os campeões da elite da Picos Pro Race.

08/07/2024 às 21h20
Por: Jucelma Sales Fonte: Ascom
Compartilhe:
Ascom
Ascom

A Bahia dominou o pódio da elite da etapa Ultra da Picos Pro Race Mundo. Depois de dois dias de competições, Kennedi Lago e Carla Vilaboas foram os campeões da elite da Picos Pro Race. Na segunda etapa, Kennedi ficou em segundo lugar, com poucos segundos de diferença do primeiro colocado Matheus Martins, mas, no somatório das duas etapas, conseguiu subir no lugar mais alto do pódio.

Continua após a publicidade

Kennedi destacou a alegria de poder conquistar o bicampeonato. “Estou feliz por mais um título na Picos Pro Race. Foi uma prova dura, com um nível de altimetria considerável, trechos técnicos, mas foi uma boa prova. A Picos Pro Race está de parabéns”, comentou ele. Matheus Martins ficou em segundo lugar. Com apenas 20 anos, o baiano de Irecé é o atual campeão do ranking nacional de XCM. “É a minha terceira vez na Picos Pro Race. É uma prova muito boa. Consegui chegar em primeiro, nessa segunda etapa e em segundo lugar no primeiro dia de prova. Estou bastante satisfeito com o desempenho”, sustentou.

Continua após a publicidade

Na feminina, Carla Vilaboas levou a melhor. Vinda de Caetité, na Bahia, é a segunda vez na Picos Pro Race. Na primeira competição, no ano passado, ficou em quarto lugar. Dessa vez, subiu no lugar mais alto do pódio. “Dessa vez, o clima ajudou bastante. Foi uma prova muito bem estruturada, com hidratação suficiente, teve um percurso misto, com trechos bastante técnicos e bem desafiadores, como o mountain bike raiz proporciona”, destaca.

No segundo dia de Picos Pro Race, cerca de 800 atletas participaram, vindos de 16 estados brasileiros e 4 países. Midana Sana é de Guiné Bissau e participou da Picos Pro Race. Ele conta que gostou muito da prova. “É uma prova muito boa, todo mundo falava que era uma prova difícil, dura e é a maior do Norte e Nordeste. Não tinha como não participar”, pontuou.

Continua após a publicidade

O Dall é de Ouriçangas, na Bahia. É a primeira vez dele na Picos Pro Race e ele destacou que o clima ameno foi favorável para a execução da prova. Vinda de São Luís, no Maranhão, a Claudia Nogueira, de 56 anos, disse que a prova tinha uns trechos bem técnicos, mas que foi satisfatória. “Curti bastante a prova, estava difícil. Alguns trechos bem técnicos, mas a gente gosta é desse sofrimento mesmo, Foi a primeira vez, mas venho de novo”, garantiu.

Daniel Freitas, organizador da Picos Pro Race, fez uma avaliação positiva da Picos Pro Race. “Tivemos uma participação muito positiva por parte dos atletas. Foram mais de 800 ciclistas na pista. Foi a primeira vez que também tivemos uma etapa de XCC valendo pelo ranking da Union Cycliste Internacionale (UCI), sendo a primeira prova genuinamente nordestina a valer no ranking mundial. Queria agradecer a cada atleta que abraçou a nossa prova e esteve conosco em cada momento. Em 2025, teremos mais”, finalizou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Picos - PI
Sobre o município
Notícias do município de Picos
Ver notícias
Teresina, PI
32°
Parcialmente nublado

Mín. 22° Máx. 36°

32° Sensação
3.6km/h Vento
40% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h01 Nascer do sol
05h52 Pôr do sol
Dom 35° 19°
Seg 36° 20°
Ter 36° 20°
Qua 37° 20°
Qui 37° 22°
Atualizado às 17h06
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,93 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 337,723,89 +1,88%
Ibovespa
128,896,98 pts 0.47%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias